Não é o que você diz, mas como diz

Noutro dia li no livro “O Pequeno Príncipe” que “a linguagem é uma fonte de mal-entendidos”. A frase é muito sábia, se considerarmos que não é fácil transformar nossos pensamentos em palavras e expressá-las de uma forma que nosso interlocutor entenda perfeitamente.
As nossas mensagens nunca são completamente compreendidas. Se alguém diz, por exemplo, “Eu estou apaixonada”, refere-se a uma realidade que dificilmente será entendida pela outra pessoa.
Esta mensagem pode significar que se sente seduzida, que alcançou uma interação com o seu parceiro ou sua parceira. Ou simplesmente está muito atraída por outra pessoa. Temos que conhecer muito bem uma pessoa para sabermos o que ela quer dizer quando diz: “Eu estou apaixonada”.
“Seja o que for que penses, creio que é melhor dizer com boas palavras.” – William Shakespeare
As palavras não são a única fonte de comunicação, pois são acompanhadas por atitudes, gestos e posturas. Você pode dizer algo com a língua. Mas outra maneira completamente diferente é o olhar e a atitude diante das pessoas. Por isso, aprender a comunicar com os demais é uma arte que lhe fará bem.
O que você diz - O maior desafio da comunicação é quando falamos do nosso mundo interior. Especialmente sobre os nossos sentimentos, emoções ou percepções. Além de não ser fácil colocar as palavras, é impossível nos desligarmos dos nossos sentimentos, nossas emoções e as percepções que podemos gerar ao dizer alguma coisa. Para comunicar melhor com os outros devemos sempre levar em conta a reação que desencadeamos nas pessoas. Atenção, respeito e consideração para que a comunicação alcance um resultado bom.
Fonte: Portal Raízes

Comentários