Lição para os 'doutores': Cármen Lúcia corrige Roda Viva e esclarece que não é doutora

Presidente do Supremo Tribunal Federal


Presidente do Supremo Tribunal Federal, a ministra Cármen Lúcia corrigiu com delicadeza o âncora Augusto Nunes no Roda Viva de segunda-feira (17). Anunciada como doutora pela Universidade de São Paulo, ela explicou que chegou a cursar, mas não concluiu o doutorado.

"Fiz os créditos, mas não sou doutora porque não defendi a tese; então, por isso, não consta no meu currículo essa referência."


Assista à íntegra do programa:





A declaração da presidente do STF é uma lição para todos aqueles que se autointitulam doutores. Sejam médicos, que fazem questão que colegas os chamem por "doutor", mesmo sem ter iniciado um mestrado sequer. Sejam advogados, que se consideram doutores pelo conhecimento da lei.


Fonte: Brasilpost















































Comentários