5 de ago de 2016

Reflexões geográficas e sociológicas do POKEMON GO


1 – O Pokemon Go é uma moda, mas mais que isso, é um MARCO. É o primeiro jogo de alcance popular que alia realidade com o mundo virtual. Todos aqueles filmes de ficção passam a fazer sentido, Matrix, Wall-E, etc. Futuramente iremos ver cada vez mais jogos neste estilo, mas Pokemon Go sempre será lembrado como o primeiro.

2 – O Pokemon Go deixa as pessoas bitoladas ou aumenta a interação? Acredito mais na segunda hipótese. Hoje as novas tecnologias estão completamente imersas na vida da maioria das pessoas. Com isso, se é contra Pokemon Go, desinstale o Facebook, Whats, etc... E é incrível a interação que Pokemon Go proporciona, eu mesmo sou o exemplo, voltei a conversar com meus amigos de infância por conta do jogo; na escola, as pessoas caçavam pokemons em grupo e sempre rolava assunto entre as diversas sujeitos, sejam professores, técnicos e discentes. Apesar de cada um estar em seu celular, todos estão conectados e interagindo. Isso é incrível!

3- Pokemon Go, como todo objeto/paixão faz parte do contexto capitalista. Com isso, é obvio que grandes empresas utilizaram esta paixão para maximizar seus lucros. O melhor exemplo é o McDonald, que fechou uma parceria com a Nintendo. Agora, todo Mc será uma Pokestop. Além disso, por ser um jogo que meche com nossos estímulos de recompensa e prazer, pode se tornar um grande vício se não há controle mental. E como forma de avançar mais rápido, cada jogador poderá fazer compras de itens para acelerar seu crescimento, e com isso, gastar muito dinheiro REAL com a brincadeira. Mas isso é normal, tudo em excesso é complicado, precisamos lembrar de Buda: O caminho do meio é o equilíbrio.

4 – A CIA financiou parte da tecnologia da Niantics que deu origem ao jogo. O Pokemon go realmente tem acesso a uma série de informações dos jogadores... localização, caminhos diários, câmera, etc... É tudo que os serviços de espionagem sempre sonharam. Até agora a Niantics não detalhou o que fará com esse grande volume de dados, e obviamente se o governo dos EUA solicitar, ela dificilmente negará. Mas talvez temos que atacar os serviços de espionagem ao invés de atacar as novas tecnologias. Mas este sempre será um debate na sociedade da informação.

5 – Enfim, Pokemon Go tem tudo para fazer história, principalmente com fãs dos jogos originais, os quais eu me incluo e torna o jogo mais especial ainda. Portanto, deixa a galera ser feliz e caçar seus pokemons! Cuidado com a Equipe Rocket e seus Bulbassaltos!

Fonte: Filosofia e Ética
  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Poste seu comentário. Compartilhe suas idéias e opiniões, para que assim, surjam novos questionamentos.

Item Reviewed: Reflexões geográficas e sociológicas do POKEMON GO Rating: 5 Reviewed By: Carlos Silva