27 de outubro de 1945, nasce Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente do Brasil



No dia 27 de outubro de 1945 nascia, em Caetés (PE), Luiz Inácio Lula da Silva, ex-sindicalista, ex-metalúrgico e presidente do Brasil por dois mandatos, entre 2002 e 2010. Em 1980, foi cofundador e tornou-se presidente do Partido dos Trabalhadores (PT). No ano seguinte, foi preso e teve o mandato sindical cassado por conta da organização de uma nova greve de metalúrgicos. Lula também participou da fundação da Central Única dos Trabalhadores (CUT). Sua primeira tentativa nas urnas ocorreu em 1982, quando concorreu ao governo de São Paulo. Em 1986, foi eleito deputado federal com a maior votação do país. Concorreu à presidência da República em 1989, quando foi derrotado por Fernando Collor de Mello no segundo turno.

Voltou a se candidatar em 1994 e 1998, porém perdeu para o tucano Fernando Henrique Cardoso em ambas as ocasiões. Em 1995, tornou-se presidente de honra do PT. Em 2002, na sua quarta candidatura à presidência, foi eleito com votação recorde de 50 milhões de votos. Em 2006, se reelegeu com a vitória no segundo turno sobre Geraldo Alckmin, do PSDB. Como presidente, Lula seguiu a política econômica de seu antecessor, Fernando Henrique Cardoso, garantindo ao Brasil o desenvolvimento econômico.

Por conta do seu carisma, recebeu elogios públicos de vários líderes mundias, como o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que disse que Lula era "o cara". Contudo, Lula também criou polêmica.

Em março de 2009, quando o primeiro-ministro britânico Gordon Brown veio ao Brasil, ele afirmou que a crise mundial foi causada por "comportamentos irracionais de gente branca de olhos azuis". A declaração deixou Brown constrangido e foi destaque na imprensa britânica e brasileira. Internamente, Lula também precisou superar alguns escândalos durante o seu governo, como a demissão do ministro José Dirceu e supostas irregularidades no uso dos cartões corporativos.

Apesar disso, manteve bons índices de popularidade durante o seu governo. No dia 1o. de janeiro de 2011, Lula passou a faixa à sucessora Dilma Rousseff, primeira mulher presidente do Brasil. Após deixar o cargo, Lula iniciou carreira de palestrante. Em outubro de 2011, descobriu que tinha um câncer na laringe e iniciou o tratamento de quimioterapia. Em de maio de 2012, Lula esteve presente no Programa do Ratinho, em sua primeira aparição em um programa de televisão após a descoberta do câncer. Na ocasião, Lula disse que a única possibilidade de ele ser candidato presidencial em 2014 era se Dilma não quisesse se reeleger.

Fonte: Hoje na História

Comentários