Livro explica origem de Fulano, Beltrano e Sicrano



A coleção "O Guia dos Curiosos" já vendeu mais de 400 mil exemplares


Usados para designar um indivíduo não identificado, com nome verdadeiro sem importância ou pessoa hipotética de um exemplo, Fulano, Beltrano e Sicrano sofrem diariamente todo o tipo de injúria e difamação. Porém, de onde vieram esses sujeitos?


Em "O Guia dos Curiosos: Língua Portuguesa", Marcelo Duarte resgata a história desses ilustres desconhecidos da língua


Segundo o autor:

  1. Fulano vem do árabe, fulân, e foi incorporado à língua espanhola no século 13.
  2. Beltrano tem origem no nome próprio Beltrão, usado frequentemente em novelas de cavalarias e muito popular na península Ibérica. 
  3. Sicrano também nasceu da língua árabe, "sicrán" ou "sacrán" significa bêbado.


Sobre de como surgiram os apelidos, o professor Júlio César Assunção Pedrosa conta, no livro, que era um artifício usado desde a antiguidade para distinguir pessoas com mesmo nome, alguns eram incorporados aos sobrenomes.


No livro, o autor apresenta nomes verdadeiros e suas origens, além de palavras cotidianas que procedem dos persas, hebreus, russos, japoneses, norte-americanos, franceses, espanhóis, árabes, bascos e celtas.*


"O Guia dos Curiosos: Língua Portuguesa"

Autor: Marcelo Duarte
Editora: Panda Books
Páginas: 424
Quanto: R$ 43,90 (preço promocional*)
Onde comprar: pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques. Não cumulativo com outras promoções da Livraria da Folha. Em caso de alteração, prevalece o valor apresentado na página do produto.

Texto baseado em informações fornecidas pela editora/distribuidora da obra.


Comentários